sexta-feira, 28 de março de 2014

Festival da Cidade terá primeiro show solo de Bell em Salvador


Com mais de 30 anos à frente da banda Chiclete com Banana, uma das mais tradicionais do carnaval baiano e uma das precursoras da chamada axé-music, o cantor e guitarrista Bell Marques assustou milhares de fãs do grupo ao anunciar carreira solo em setembro de 2003. Após o lançamento da nova empreitada à frente do bloco Vumbora?!, na terça-feira de folia no Circuito Dodô (Barra/Ondina), o artista se prepara para mais desafios, que incluem nova banda, agenda lotada até o fim deste ano (somente até junho são cerca de 50 apresentações) e o primeiro show solo para o público em Salvador no próximo domingo (30), a partir das 17h30, encerrando a programação do Festival da Cidade, promovido pela Prefeitura para celebrar os 465 anos de fundação da primeira capital do Brasil.
Sobre a apresentação, a ser realizada na Praça Cayru, no Comércio, Bell encara como mais uma etapa a ser vencida, já que o público baiano é considerado muito exigente. "Mas tenho certeza que vão me receber muito bem, até por causa da minha história junto com eles. Não mudei muita coisa, só minha banda, mas a pegada é a mesma, as músicas que me eternizaram deverei cantar... Pra mim vai ser um espetáculo, porque cantar num momento desse tão especial pra Salvador, pra esse povo maravilhoso, é um presente que estou recebendo", relata, com a sua inseparável bandana.
O cantor revela também que o grande sonho foi montar uma big band e conta nessa nova etapa com dez músicos entre baterista, dois percussionistas, trio de naipes (metais), violinista, violoncelista, guitarrista e baixista. Apesar do pouco tempo de formada, acredita o artista, a banda já consegue ter uma sonoridade que define bem o que é Bell Marques. "Todos estão super empenhados e estão se divertindo muito no palco, que esse é o plano também. A união é uma coisa superimportante, pois quando você monta uma banda são pessoas com cabeças diferentes. Tomei muito cuidado em, além da musicalidade, ir também pelo caráter e pela alegria do artista, pela filosofia dele. Então, acho que consegui unir essas coisas todas e estou muito feliz e satisfeito com a minha banda", sorri.


Para montagem do repertório, a estratégia foi lançar rapidamente um CD com a marca do Vumbora?!, já que puxaria um bloco com o mesmo nome no Carnaval marcando o início da carreira solo. Bell acredita em sorte ao ter, entre as dez canções, oito sucessos. Das quatro músicas novas já compostas estão "Amor Bacana", "Nicolau" e "Vumbora Vumbora", que estarão na set list da apresentação na Praça Cayru, assim como as conhecidas "Gesto de Amor" e "Lindo é Viver".
É claro, também estarão presentes as canções que eternizaram a carreira à frente do Chiclete com Banana, sejam elas autorais ou as mais marcantes, a exemplo de "Voa Voa", "100% Você" e "Rumba de Santa Clara". "Você pode perceber que todas as músicas são alegres, até porque é a minha característica. Essa guitarra (apontando para o instrumento) tem que estar soando, é forte, propulsora, cheia de energia e faz esse link entre eu e o povo em cima do trio, então a guitarra está presente como sempre esteve no Chiclete com Banana", salientou Bell.
O público que comparecer ao show de Bell Marques no domingo poderá ter uma surpresa: uma dobradinha com o cantor Durval Lelys, que já foi tema de canção do Chiclete com Banana ("Durvalino, meu Rei") e que também vai se apresentar à frente do Asa de Águia no mesmo dia, na Praça Cayru. "Durval é um queridíssimo amigo, uma pessoa que tem uma história tão brilhante quanto a nossa e vamos, sem dúvida, fazer uma brincadeira. Ele vai ter que me dar essa oportunidade de cantar uma canção comigo na minha primeira apresentação solo em Salvador, vou ver se seguro ele um pouquinho pra cantarmos uma música e darmos de presente a esse povo tão bacana".

Fonte: Salvadornoticias.com

Curta a Sou Camaleão no Facebook, clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário